segunda-feira, janeiro 03, 2011

Ai-tasi ajuda ema. O mangal de Timor-Leste ajuda as pessoas.

Ai-tasi kmanek  iha Hera. Um bonito mangal junto da estrada em Hera (foto do autor).

Ai-tasi ekosistema hosi tasi-ibun Timor Leste nian. Ekosistema ne dezenvolve iha fatin besik mota ka tasi-ibun laho laloran. Iha tasi feto ami bele hetan ai-tasi iha Metinaro, Tibar no Maubara. Ni-nia ai prinsipal Rhizophora conjugata, Bruguiera spp., Sonneratia alba (parapa) no Avicennia marina.


Ai-tasi iha Hera durante tasi-nakonu. Mangal em Hera durante a mare-cheia (foto do autor).

Ekosistema ne importante no util tebetebes tanba nia fo-han ba ikan no boek no subar ikan-tolun no boek-tolun. Seluk ikan boot liu mae atu han ikan kiik, nune ema bele tiha barak ikan. Ai ne diak tebes ba sunu no tahan Avicennia marina nian diak tebes ba han balada afoin fase atu hasai masin. Ai mos diak tebes atu halo mesa ka kadeira.
Ai-tasi mos rai tasi-ibun contra erosaun, tsunami sira  no tufaun.
Ai-tasi manten tasi be moos, ta'es no satan tahu. Planta hosi ai-tasi manten barak biodiversidade. Ami bele hetan karau-tasi (Dugong dugong) no lafaek (Crocodylus porosus)  besik ai-tasi.
Epena mak ai-tasi iha Mundo lakon area ba industria boek, hotel sira, etc...Ekosistema ne'e rahuk tebetebes .
Maibe ita bele kria ai-tasi foun. Iha Djibuti (Afrika lorosa'e) ema kria ai-tasi foun ho Avicennia marina atubele tiha ikan, han balada no usa ai ba sunu. Nune, iha rai-maran hosi Djibuti eme bele moris diak liu (http://www.themanzanarproject.com/).


Ai-tasi raru iha tasi-mane (Lore). Um dos raros mangais da costa sul, na praia de Lore (foto do autor)

Avicennia marina. Balada gosta han ninia tahan.
O gado gosta das folhas da avicenia.


Mane rua iha Djibuti kuda avicenia iha viveiru. Sira usa ona fini avicenia nian, iha sacu plastiku 6 litros. Iha saku, sira hakoi sacu plastiku kiik ho fosfato diamonico no oxido de ferro. Saku ne ema halo kuak kiik ho limam-kukun atu fosfato sae ba rai .

Avicenia plantada em ruas no local definitivo

Senora haknata avicenia tahan (18% Prote. Bruta)  ba bibi no bibi-malae. Balada han tahan ho farina ikan.
Esta moça do Djibuti colhe folhas de avicenia para alimentar as cabras. Mas esta dieta nao e completa pelo que aqui se suplementa este alimento com farinha feita de restos de peixe seco.
(Fotos: www.themanzanarproject.com)





4 comentários:

José María Souza Costa disse...

Parabens pelo blogue e pelas postagens
Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo Agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Se tiveres tuiter, e desejar, é só deixar que agente segue.
Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Clarisse disse...

Olá Augusto, como está? Já está de volta a Timor? Desejo-lhe um bom ano.
Clarisse

Ricardo Ben-Nathaniahu (rben-nathaniahu@galilcol.ac.il) disse...

Caro Sr. Augusto,

Meus parabéns pelo seu blog!
Gostaria de saber como entrar em contacto com o senhor.
Pois gostaria de dar a conhecer ao senhor e ao público em geral em Timor Leste sobre um programa de Tecnologia Agrícola e Irrigação, que realizamos em Israel duas vezes ao ano e em português.
Acredito que este programa poderia ser de grande valia para a agricultura e o combate da fome em Timor Leste.

Um abraço,

Ricardo

Clarisse disse...

Olá Augusto, recebi hoje uns livros, vinham em nome da Mana Lu, não sei se são para reencaminhar para ela se são para Aileu.

Desde já agradeço